Literatura

Adivinha quanto eu te amo


Excelente para explorar o amor entre pai e filho.
Um coelhinho se esforça para mostrar o tamanho do amor que ele tem pelo pai. O Coelho Pai entra na brincadeira, mas ambos percebem que não é fácil medir o amor.
No blog 
Dia 09/8

A Magia do Luar


Narra a história de uma toupeira, Dinha, que, por não enxergar direito, morre de medo da noite. Certo dia, uma coruja bate em sua toca à procura de alimento e percebe seu medo. A coruja, então, começa a falar das maravilhas da noite e desperta o interesse e a curiosidade da toupeira. As duas combinam um passeio à noite, durante o qual Dinha conhece as flores dama-da-noite e vitória-régia, que só se abrem nesse período, uma orquestra de sapos e rãs e ainda um casal de humanos que namoravam à luz do luar. Fica fascinada com a magia da noite e, então, perde o medo.

Ficha literária



Falando pelos cotovelos


Pé de mesa tem dedão? Quantos pés tem o vento? Alguém já viu a cabeça do alho? Essas e outras questões divertidas são levantadas pelo garoto protagonista da história, que leva ao pé da letra as expressões populares (Vá pentear macaco!; Vá num pé e volte noutro!) e outras manifestações da linguagem figurada, como as metáforas (fome de leão), as catacreses (pé da mesa, cabeça de alho), as hipérboles (praga de arrepiar cabelos, dar nó na língua) e os provérbios (Gato escaldado tem medo de água fria; É de pequenino que se torce o pepino). As confusões que o menino faz são um divertido estímulo para o pequeno leitor se conscientizar das possibilidades inesgotáveis de uso da língua e um incentivo para novas e saborosas descobertas.

Ficha literária



Cacareca de Chocolate

Mais uma deliciosa aventura da nossa querida, Ritinha Danadinha.
Atividades


O gato e os gatunos


Neste livro, com bom humor, brincadeiras e belas ilustrações, Cláudio Martins dá algumas noções de sociedade, política, ética e cidadania para as crianças. O texto é leve, bastante acessível aos leitores do ensino fundamental.
Atividades 


Acorda, Rubião! Tem fantasma no porão!


Liloca Gatoca, a copeira-arrumadeira-cozinheira da casa amarela, tinha medo de tudo e por qualquer coisinha se assustava. Ao ouvir um simples barulho, logo pensava tratar-se de um fantasma. O mordomo, Rubião Gatão, já estava cansado de dizer que fantasmas não existem; Lilica não acreditava. 
Foi por isso que ele resolveu armar um plano para acabar com o medo de Liloca de uma vez por todas. Conversou com o pessoal da casa e pediu ajuda a Juvenal Batista, o eletricista. A partir desse dia, coisas horripilantes começaram a aterrorizar a pobre da Liloca: ouvia barulhos vindos do porão, ouvia gritos e até vozes sussurrando, dizendo que queriam ficar juntinho dela. Isso foi demais.

Atividades




Fantasma só faz Buuu!


Os meninos adoravam histórias de terror. Um dia fizeram uma aposta e foram passar uma noite inteira num trem fantasma, um trem que corre sozinho, entre monstros, vampiros e múmias. E aí começou uma grande aventura...
Ficha literária

O dedal da vovó


Ficha literária
Aqui


Terra à vista


O que este livro traz é uma história baseada na carta que o escrivão oficial da expedição de Pedro Álvares Cabral, Pero Vaz de Caminha, mandou ao rei de Portugal. Nela, dá detalhes de como chegaram à nova terra e como foi o
primeiro encontro com seus moradores. Conheceremos um pouco da vida daquele povo, dos tupiniquins, que a partir daquele dia foram denominados índios.
Terra à vista
Descobrimento ou invasão?
Moderna Literatura
Autor: Benedito Prezia
Ilustração: Getulio Delphim
Faixa etária: A partir de 08 anos
Trabalho interdisciplinar: Arte, Geografia, Português
Indicação: 3º Ano (EF1), 4º Ano (EF1), 5º Ano (EF1)
Área: Não Ficção
Assunto: Colonização, Descobrimento ou "invasão" do Brasil e os indígenas, Escravidão indígena, Povos e costumes indígenas
Tema transversal: Pluralidade Cultural, Ética
Formato: 17,00 X 24,00
Número de páginas: 80


Ficha literária

Sugestão de atividades






Blog Editora Moderna


Brasília, de cerrado a capital da República

Atividades
Aqui


Sentimentos


Atividades 



Amarelinho

Amarelinho é o triste retrato da criança abandonada e do menor
infrator. Nesse sentido, o livro não poupa cores realistas. Sem apelar
para sensacionalismos, o autor vai narrando a trajetória desse menino
inocente até a raiz, que não tem consciência de seu drama e da
gravidade das infrações que comete. Age quase que instintivamente,
alegrando-se com o pouco que consegue e conseguindo o pouco
que quer do jeito que encontra: sem culpas, sem remorsos, num
total desconhecimento de padrões morais e éticos. Embora dura, a
história é perfeitamente verossímil e pode ser um ponto de partida
para a conscientização desse problema e um movimento em direção
à sua real compreensão, que deve anteceder qualquer julgamento.
  
Áreas envolvidas:
Língua Portuguesa, Matemática, História,
Geografia e Educação Artística
Temas transversais: Ética

Atividades no blog
Clique aqui

Ecologia


Poluição, meio ambiente, reciclagem, coleta diferenciada. Palavras difíceis? Não, palavras importantes que precisamos entender bem para aprender a respeitar o mundo que nos rodeia, para vivermos melhor. Como entendê-las? Seguindo os conselhos do Lobinho.



Atividade no blog

Severino faz chover



Atividade no blog 

Fiz o que pude





Atividades no blog



O cabelo de Lelê

Lelê não gosta do que vê - de onde vem tantos cachinhos? Ela vive a se perguntar. E essa resposta ela encontra num livro, em que descobre sua história e a beleza da herança africana.
Atividades no blog




Memórias de um cabo de vassoura



Como todos os outros, ele nascera madeira. Um simples cabo de vassoura, que, exatamente por ser simples, sentia e ouvia, falava e não era ouvido senão por aqueles que lhe eram mais próximos e semelhantes. Pobre e sofrido cabo de vassoura, em cavalo transformado, carente de afeto na hora da despedida, da mudança, no receio de ser trocado por brinquedos mais modernos. Um cabo de vassoura um tanto humano...e quase sempre melhor que muita gente...
Atividades no blog


A caixa de Jéssica


Somente as imagens do livro 



Comigo não, camaleão!


Atividade no blog
e



Cadê o Júlio?


Atividade no blog

Bom dia, todas as cores!


Atividade no blog


A dança das cadeiras



Atividades no blog


Poesia na varanda



Atividade no blog


O coelhinho que não era de Páscoa


Vivinho é um coelho normal. Tem muitos irmãos e uma família legal. E o que ele vai ser quando crescer? Coelho de Páscoa, só pode ser! Mas Vivinho quer outra profissão. Será que os pais vão aceitar sua decisão?





Flora e Flau



Atividade no blog



De hora em hora




Atividade no blog

Não me chame de gorducha




Atividades no blog


 O carnaval do jabuti



Atividades no blog


Um ano novo danado de bom!



Essa história reconta, de forma poética, um motivo presente em muitos contos tradicionais: o de irmãos que recebem uma herança. A herança dos mais velhos é aparentemente mais valiosa, mas o filho mais novo, aparentemente, menos favorecido, ao final, torna-se o mais afortunado. É assim que nesse livro temos uma narrativa de escravidão e de libertação em que o afeto de quatro irmãs é o ingrediente de união entre elas. Além do texto escrito, a delicada ilustração e o projeto gráfico do livro nos propiciam outras leituras. É assim que o texto visual é elaborado, a partir da escolha das cores, dos traços, da ilustração, fazendo de cada página uma pintura que amplia os sentidos da obra.

Atividades no blog 
Clique aqui



O Sol e o menino dos pés frios



Havia uma casa muito grande. Com um teto altíssimo, nem sempre azul, na casa enorme habitava uma grande família: uma família tão grande que, por vezes, não julgavam os seus membros que se conheciam, e se deviam amar.
Houve um menino que entrou nesta casa estava ela toda branca. No chão tapetes de branco, cristais de água e uma brancura que parecia neve. As próprias árvores escorriam essa brancura. Iluminava-a uma estrela tão brilhante que parecia que pousava sobre as nossas mãos.
Um dia que fazia anos em que o menino entrava nessa casa, outro menino por ela andava com frio. Pelo chão, pelos milhões de cristais, caminhavam os seus pezinhos enregelados. Tanto frio que nem podia olhar a estrela brilhante. Nem os milhões de cristais que pisava.
Uma mulher chorava a um canto dessa casa. E era triste essa mulher. Estava triste e cansada.
Na casa nem tudo era belo. Ali estava aquele menino cheio de frio. E, como ele, tantos meninos.
E, já há quase dois mil anos, um menino entrara na casa, que ficou mais clara com a luz brilhante do tecto. O menino entrou só para dizer uma palavra pequenina: AMOR.
Essa mulher perguntou ao menino dos pés frios se ele tinha casa. O menino olhou a mulher triste e ficou muito triste, os dois estavam tristes, disse quase envergonhado que não.
A mulher perguntou ao menino se ele tinha roupa, sapatos, um lume e pão.
A cabeça do menino ia abanando e dizia à mulher triste que começou a ter vergonha. Então ela consentiu que na sua casa de tecto nem sempre azul, houvesse um menino sem roupa, sem um lume e sem pão.
Ela consentia uma coisa assim, e os outros também.
Escorregaram-lhe duas lágrimas transparentes pela cara. Água. 
Resumo realizado por Catarina Oliveira e Ana Sousa
Atividades no blog 


Uma sombra em ação

        Mais um ano letivo começa na Escola Professor Macedo Marques. Na classe da 5ª A, o novo aluno, Carlito, é saudado com entusiasmo pelas garotas e com ciúmes pelos meninos, que o recebem, pregando-lhe peças. Mas o garoto mostra que sabe driblar as dificuldades com inteligência e charme. Um dia, os terríveis garotos da 5ª B o provocam na saída da escola e o envolvem numa luta desleal; felizmente os alunos da 5ª A aparecem e evitam o "massacre". É o começo de uma grande amizade entre Carlito, Nenê e Tadeu e o recrudescimento da rivalidade, por parte de Edu, Porcão e Caroço da 5a. B. Um dia, a turma do Carlito ouve as histórias de Benê, o velho zelador, que lhes assegura que o fantasma do professor Macedo vive na escola, garantindo seu bom andamento. Por isso, coisas inexplicáveis acontecem por ali. Edu entreouve a conversa de Benê e resolve roubar a folha de respostas da temível prova de Matemática, desafiando os rivais para uma competição: ganha a turma que obtiver a maior soma de pontos na prova. Para realizar seu plano, eles se escondem na escola. Porém, um gato aparece, pregalhes um susto e se põe a miar. Perseguindo o importuno, os meninos ficam presos no laboratório, entre frascos e cacos. Benê aparece e chama a polícia. É claro que, depois disso, eles perdem a competição. Benê se diverte com o desfecho da história, pois jura que os gatos são animais em que os fantasmas adoram se transformar.

Atividades no blog
Clique aqui

 
A Ciranda do Medo



Ficha literária



 Os rios morrem de sede




Áreas envolvidas: Língua Portuguesa, Ciências, História, Geografia

Temas Transversais: Meio ambiente

Público-alvo: Leitor fluente
Atividades no blog



Literatura para os pequenos




Tem atividades no blog
Nosso folclore




Centenário do Rei



O novo livro da dupla Arievaldo Viana – Jô Oliveira, “O Rei do Baião – do Nordeste para o mundo - uma biografia de Luiz Gonzaga no formato cordel ilustrado, deverá ser lançado em abril na Feira do Livro de Brasilia pela editora Planeta Jovem, antecipando as comemorações de seu centenário, que ocorrerá no dia 13 de dezembro de 2012. A equipe da editora está trabalhando arduamente para que o lançamento aconteça dentro do prazo previsto e as primeiras provas gráficas já chegaram às nossas mãos. Eis o texto da contracapa:

 Ele nasceu em 1912. E se estivesse vivo em 2012, Luiz Gonzaga completaria 100 anos!
Existem dois nordestes brasileiros: um antes e outro depois do Rei do Baião: em vez de região nordeste, tudo se confundia e o nordeste se fundia com a região norte: “sou do norte”, “esta é comida lá do norte”.
Além de divulgar suas músicas com temas sobre o sertão, o velho Lua apresentou a cultura brasileira para os quatro cantos do país. E ritmos como xote, baião, forró e xaxado, tornaram-se conhecidos e influenciaram outros ritmos, criando novas gerações de cantores e compositores.
Em O Rei do Baião – Do Nordeste para o Mundo, o poeta cearense Arievaldo Viana “cordeliza” a vida de Luiz Gonzaga através de versos que ganham cor e sensibilidade através das gravuras do pernambucano Jô Oliveira.”



Um caso para Mister X


Xisto bem que poderia ser apelido de Sherlock. Mas não. Apenas o chamam de Mister X, um detetive mirim que descobre coisas que somem ou aparecem misteriosamente, decifra enigmas, resolve qualquer parada. O leitor será desafiado a desvendar antes dele os casos de relógio roubado, da pérola e da borracha perfumada.

Um caso para Mister X
Coleção Girassol
Autor: Sonia Salerno Forjaz
Ilustração: Victor Tavares
Faixa etária: A partir de 09 anos
Trabalho interdisciplinar: Português
Indicação: 4º Ano (EF1), 5º Ano (EF1)
Área: Ficção
Assunto: Desvendando mistérios
Tema transversal: Ética
Ficha literária

Sugestões de atividades



Ed. Moderna


A flor do lado de lá


Tem sugestão de atividades
no blog
Clique aqui

Tema principal Comportamento
Temas abordados Equilíbrio Ecológico , Olhar ao Redor , Valorizar o que Está Perto
Temas transversais Ética
Interdisciplinariedade Artes , Língua Portuguesa
Atividades para o Professor
<><><><> </> <><><><> </> <><><><> </> <><><><> </> <><><><> </>
Levantar hipóteses sobre o título.
Compreender a história.
Encontrar formas de ajudar a anta chegar até a flor.
Criar balõezinhos para a fala das personagens, inclusive a baleia.
Criar outro final para a história.
Saber mais sobre o autor.


Beijo, não!


Prepare-se para ouvir uma história diferente de um mago, uma mocinha e, em vez de sapo, um macaco que vira um garoto lindo de morrer! Só tem um detalhe: beijo, não! Pelo menos é a regra do feitiço, senão tudo se desencanta e o mocinho da história volta a ser macaco. Complicado vai ser o final feliz, né?

  • Nível: Ensino Fundamental
  • A partir de: 2ª série / 3º ano
  • Lançamento: 1997
  • Recomendado: Público Infantil
  • Temas abordados: Amor / Magia
  • Editora: FTD
  • Autor(es):Tatiana Belinky                        
  • Ilustrador(es): Lúcia Hiratsuka



Ficha literária









O Cantor prisioneiro






Ficha literária


Projeto literário





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Copyright (C) Modelo de Estrutura 2015.1 I TECNOLOGIA BLOGGER I DESIGN POR DESIGNING DREAMS. ENCOMENDAS DESIGNING DREAMS.